Portugal possui diversos Castelos que foram construídos para impedir invasores, principalmente espanhóis, e assegurar a segurança das fronteiras. São construções medievais, algumas em ruínas e outras em perfeito estado.
Foi um desafio escolher alguns que merecem uma visita, mas neste artigo reunimos 8 que vale a pena estar em seu roteiro de viagem.

 

Castelo de São Jorge (Lisboa): O Castelo de São Jorge está localizado no ponto mais alto da cidade e as primeiras fortalezas foram contruídas no século I A.C. Foi reconstruído várias vezes por diversos povos que lhe deram diferentes nomes. Atualmente leva o nome do santo padroeiro dos cavaleiros e das cruzadas, São Jorge. Quem visita o local encontra um castelo movimentado com diversas atividades tanto para as crianças como para os adultos, além de se encantar com a belíssima vista de Lisboa e do rio Tejo.

 

Castelo dos Mouros (Sintra): Construído sobre o cume de um isolado rochedo na serra de Sintra, revela uma vista de perder o fôlego e está envolvido por jardins luxuriantes que se estendem até o oceano Atlântico. É um monumento à ocupação moura do século VIII. Foi conquistado definitivamente por D. Afonso Henriques, em 1147, após diversas tentativas. Em 1860, D. Fernando II restaurou as muralhas e arborizou a área, dando uma nova aparência ao local.

 

Castelo de Marvão (Alentejo): O Castelo de Marvão está inserido no Parque Natural da Serra de São Mamede, no distrito de Portalegre. Nos primórdios, Marvão foi conquistada por D. Afonso Henriques dos muçulmanos, sendo mais tarde reconquistado pelos mouros novamente, em 1190. Suas muralhas foram usadas para vigiar e guardar a fronteira com a Espanha. Atualmente, o Castelo de Marvão domina a paisagem serrana a partir no seu ponto mais alto. A fantástica vista que a área oferece torna-se inesquecível.

 

Castelo de Óbidos (Leiria): A vila medieval de Óbidos é uma das mais singulares e bem conservadas de Portugal. Situado a cerca de uma hora de distância de Lisboa, Óbidos teve uma importância estratégica para o território devido a sua localização num ponto alto e próximo da costa. No interior das muralhas, encontramos um castelo preservado e um labirinto de ruelas e casas com janelas floridas. Qualquer época é perfeita para visitar Óbidos. Com um cenário romântico perfeito e uma atmosfera charmosa, Óbidos é uma ótima sugestão para um fim-de-semana, uma verdadeira vila medieval que você não pode deixar de visitar e se encantar.

 

Castelo de Almourol (Tomar): Localizado no meio de uma ilha no rio Tejo, o Castelo de Almourol é um dos monumentos mais emblemáticos para a reconquista Cristã do território durante a Idade Média. Com a chegada dos cristãos, em 1129, foi entregue aos Templários. Após a extinção da Ordem dos Templários, o castelo caiu no esquecimento. Atualmente o castelo conta com o estilo Romântico do século XIX.

 

Castelo de Guimarães: A fortaleza foi construída no século X por ordem da Condessa Mumadona Dias, com o objetivo de proteger a comunidade cristã e os monges que viviam na região. No século XII, o Conde D.Henrique e D.Teresa vão viver em Guimarães, ampliando o castelo. Conta a lenda que neste castelo nasceu o primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques.

 

Castelo de Tavira (Algarve): Foi construído durante o domínio muçulmano, entre os séculos VIII e XIII. Depois da reconquista Cristã, o castelo foi restaurado por ordem de D. Dinis. Atualmente, o castelo oferece uma fantástica vista da cidade e mantém as suas características medievais.

 

Castelo de Silves (Algarve): Construção muçulmana erguida entre os séculos XII-XIII, sofreu algumas restaurações após a reconquista Cristã em 1242, por parte de diversos reis portugueses. A construção é feita com argila, cascalho, areia, cal e arenito vermelho, que dá a coloração avermelhada a fortificação. O Castelo de Silves oferece um dos melhores miradouros sobre a cidade e a região.

Ficou interessado em conhecer Portugal e sua história? Saiba como a Go2Lisbon pode tornar a tua viagem a este país inesquecível.